Mundo das Trevas Genérico

Bom, pra quem não conhece, Harry Dresden é o personagem que protagoniza uma série de livros escritos por Tim Butcher, relatando as peripécias de um detetive bruxo nos dias atuais. No universo de Dresden, magia é apenas um dos aspectos místicos presentes no dia-a-dia, que também conta com toda uma gama de criaturas sobrenaturais organizadas em Cortes e com leis e tradições próprias. O “Dresdenverso” possui a mesma premissa do famigerado Mundo das Trevas, mas traz fôlego novo ao tema justamente por tirar o foco de um tipo específico de criatura e trazer diferentes nuances sobre as mitologias de cada criatura.

Pois bem, ainda estou lendo a recém-lançada adaptação oficial do cenário, turbinado pelo sistema FATE, mas muitas idéias bacanas já saltaram à mente. E claro, como sempre, estou eu aqui tentando trazer coisas que acho interessantes em outros jogos para o digníssimo HIGHLIGHTS.

Neste novo projeto, pretendo adaptar algumas das principais Raças sobrenaturais e os Poderes para o HIGHLIGHTS, mas a primeira coisa a ser traduzida serão as regras de Magia. Sendo o Hi-Li um sistema desenhado pra ser genérico, quanto mais opções melhor. Minha intenção não é exatamente adaptar o cenário ou todas as opções do jogo Dresden Files RPG, mas sim montar alguns kits que adiantem o trabalho de grupos tentando experimetar o Hi-Li para aventuras pseudo-góticas, e também me divertir com o desafio de trabalhar em cima de algo mais direcionado.

E lembre-se: este é um projeto em construção!

Tipo de Personagem:

– O Mortal Puro

– Baseados em Fé e Divindades

– Changellings e relacionados às Cortes Feéricas

– Magos e suas sub-categorias

– Metamorfos e suas variações

– Vampiros, separados por Cortes

Uma coisa muito importante sobre este tipo de ambientação é definir o nível de poder disponível para os personagens. No jogo oficial de Dresden, eles utilizam uma escala simples para indicar quão dentro do mundo sobrenatural os personagens estão (sendo que usam o elemento “água” como metáfora para o sobrenatural), e é isso o que diz quanta “munição” o jogador terá à disposição. Então, vou aproveitar esse esquema para especificar quantos pontos estariam disponíveis no Highlights para se criar personagens de nível equivalente ao FATE.

Estou considerando que os personagens são feitos com base em 1 Conceito Central (Perfil), e 5 Atributos (Combate, Conhecimentos, Esportes, Percepção e Influência). Normalmente, isso significaria 5 Pontos de Personagem, mas como estamos lidando com indivíduos assumidamente mais-que-normais, a pontuação precisa ser ajustada.  

“Pés na Água” (6 Pontos): Neste nível, sua vida sobrenatural está apenas começando. Os kits mais customizáveis não terão muita abertura, de modo que é na verdade um jogo do tipo “mortal ampliado” — você é capaz de fazer coisas que mesmo os melhores humanos não conseguem, mas é só isso.

“Até a Cintura” (8 Pontos): Este nível representa a maioria dos kits básicos, talvez ainda não em nível pleno, mas ao menos você já começa a aparecer no sonar do sobrenatural. 

 “Até o Peito” (10 Pontos): Neste ponto, você já é considerado pelo menos uma potência menor.

“Submerso” (12 Pontos): Você é um dos poderosos; qualquer kit está acessível e até mesmo combinações entre kits diferentes estão no cardápio. Além disto, este nível possui o necessário para se criar uma criatura sobrenatural única.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s