Thunderianos

Acho que qualquer rpgista já ouviu falar dos Thundercats, certo? Há bastante material na internet sobre estes heróicos sobreviventes, além de duas versões em desenho animado, revistas em quadrinhos e muita especulação sobre um filme. A ideia deste artigo é apresentar os thundrianos como uma opção de raça para cenários de fantasia (quem sabe até em Guerra nas Estrelas?).

Vou colocar um resumo do cenário apenas para contextualizar, e então partimos pro que interessa. Note que este material já está usando a versão mais atual do Highlights.

HISTÓRICO

ThunderCats conta as aventuras de um grupo de felinos sobreviventes do planeta Thundera. A série começa com a destruição de Thundera, forçando a nobreza Thunderiana a fugir de seu planeta natal, mas a frota é atacada pelos inimigos do mundo de Plun-Darr. Com a exceção da nave-mãe, toda a frota thunderiana foi destruída. Os mutantes estariam atrás da lendária Espada dos Presságios (no Brasil conhecida como Espada Justiceira).

A espada tem o Olho Místico de Thundera, a fonte do poder dos ThunderCats, encrustado na empunhadura. Com a nave bastante avariada, o velho guardião Jaga se encarrega de pilotar a nave e levá-la em segurança ao Terceiro Mundo. Como qualquer viagem interestelar, a jornada leva décadas (mesmo com a avançada tecnologia thunderiana), e Jaga morre no processo. Quando os remanescentes acordam de seu estado de animação suspensa no Terceiro Mundo, Lion-O (herdeiro do trono) descobre que sua cápsula de suspensão não conseguiu inibir o seu envelhecimento. Ele agora é uma criança no corpo de um homem.

Com a ajuda de nativos amigáveis do Terceiro Mundo, os thunderianos constroem uma fortaleza, bem a tempo da chegada dos mutantes ao Terceiro Mundo. A chegada das duas raças alienígenas ao Terceiro Mundo chama a atenção de um antigo bruxo maligno local, Mumm-Ra. O bruxo é seduzido pelo poder emanado do Olho de Thundera, que passa a ser seu novo objeto de desejo.

A série tem grande influência tanto de fantasia quanto ficção científica: Magia e artefatos futurísticos estão por todo o lugar.

Uma vez estabelecidos no Terceiro Mundo, os thunderianos adultos tentam dar continuidade à sua cultura, enquanto se adaptam ao novo habitat e se defendem dos mutantes, agora em aliança com Mumm-Ra. Lion-O tem seu rito de passagem ao enfrentar desarmado cada um de seus irmãos individualmente e vencê-los. Depois de algum tempo, novos thunderianos foram introduzidos à série, também sobreviventes da destruição de seu lar, atrasados em anos pelas intempéries das viagens estelares.

Muitas aventuras são colecionadas no decorrer dos anos, incluindo a suposta destruição e Mumm-Ra, o que se provou uma ilusão. O bruxo então elabora um estratagema para tentar recriar Thundera, e assim por as mãos no Olho de Thundera e nos tesouros dos thunderianos – o que inclui diversos artefatos místicos, como o Livro dos Presságios.

A coisa toda fica muito louca a partir de então: é como se existissem dois mundos em um (Thundera e Terceiro Mundo), e muitas aventuras tratam de resgatar os vários artefatos que se encontram espalhados por Nova Thundera!

Vale comentar que o grande Mumm-Ra na verdade é patrocinado por entidades extremamente poderosas conhecidas apenas como os Antigos Espíritos do Mal. Estes espíritos costumam pressionar Mumm-ra por resultados, em troca de seu poder, muitas vezes punindo o bruxo com exílios dimensionais.

USANDO O CENÁRIO

Temos um cenário de fantasia praticamente virgem, com possibilidades de inúmeras raças antropomórficas (animais humanóides) e magia, assim como elementos de ficção científica como veículos e armas avançadíssimas. Dá pra ter um quê de Krull (o filme com o ciclope e o cara da estrelinha voadora?), onde se tem combates com espadas e arcos, e ao mesmo tempo o zunido de lasers desintegradores por todo lado.

Bacana pra quem quer uma parada meio Avatar, sem a presença da raça humana. Quem sabe até não encaixar os Thunderianos em aventuras de Guerra nas Estrelas?

NO HIGHLIGHTS

Você é um Thunderiano, descendente dos lords felinos do planeta Thundera. Sua vida começou em Thundera ou em um de seus mundos colonizados, e sua juventude foi uma estranha mistura entre buscar o entendimento de uma cultura avançada ou seguir seus instintos ferais.

 Sua pele é coberta por pelos curtos, e você possui garras, presas e excelente visão noturna. As cores e padrões de seu pelo variam bastante, dependendo de sua herança, indo do alaranjado com listras

 ou manchas negras, passando por tons esverdeados como grama molhada, ou até mesmo de um preto intenso.

Sendo um predador natural, você se move com agilidade e rapidez. Além disto, desde a destruição de Thundera é pouco provável que você tenha conhecimento da existência de mais que um punhado de seus semelhantes, então você costuma ser muito leal aos poucos amigos que tiver.

Ao criar um Thunderiano, o jogador precisa adotar esta raça como uma de suas características de Antecedentes. Além disto, cada Thunderiano é descendente direto de uma das sete linhagens nobres: Guepardo, Jaguar, Leão, Leopardo, Lince, Puma e Tigre). A menos, é claro, que suas aventuras se passem numa Era antiga, ainda em Thundera. Neste caso, pertencer a nobreza requer uma nova característica de Antecedente (caso contrário, o personagem é simplesmente um plebeu.

Dentre as situações que receberão bônus pelo Antecedente Thunderiano destacamos: feitos de agilidade, prontidão, enxergar no escuro e ataques com as garras ou presas. As linhagens nobres se diferenciam por possuírem dons distintos das demais (funcionam como Destaques Comuns):

  • Guepardo: seu tom de pelo facilita camuflagem em planícies, e um Guepardo é ainda mais rápido e flexível que os demais.
  • Jaguar: seu tom de pelo facilita camuflagem em selvas, e um Jaguar é conhecido pela paciência e grande talento para escaladas.
  • Leão: um Leão possui o porte mais nobre, e inspira as emoções mais fortes naqueles à sua volta, de medo a fascinação, além de possuírem a mordida mais fatal.
  • Leopardo: um Leopardo desconhece medo, e é extremamente persistente em combate.
  • Lince: seu tom de pelo facilita camuflagem em florestas, e um Lince é bastante paciente (além de exímio nadador).
  • Puma: um Puma é incansável e perito em sobrevivência, e seu tom de pelo facilita camuflagem em ambientes montanhosos.
  • Tigre: seu tom de pelo facilita camuflagem em selvas; um Tigre é naturalmente mais forte, e especialista em furtividade.

Exemplos de Nomes:

Ben-Gali; Cheetara; Jaga

Lion-O; Lynx-O; Panthro

Pumyra; Tygro; WilyKat; WilyKit

Vou tentar trazer mais material, como sugestões para os mutantes e a Magia do terceiro Mundo em posts futuros. Quem quiser contribuir, sinta-se em casa!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s